Agressão a jumento em Lago do Junco estaria relacionado à disputa entre Haddad e Bolsonaro
15/10/2018 09:11 em Novidades
Na última quarta-feira à noite (10), o indivíduo Elisanto de Paiva Silva atingiu com golpe de faca um jumento. O golpe foi profundo e expôs as vísceras do animal. O agressor foi denunciado a polícia e quando soube que seria preso pelo seu ato de perversidade contra um animal indefeso ficou ainda mais transtornado.
 
Ele invadiu a casa do líder comunitário Raimundo Barba, e tentou agredir sua esposa; a agressão não aconteceu, em decorrência do casal sair correndo, fugindo pelos fundos. O fato aconteceu no povoado Pau Santo, zona rural de Lago do Junco.
Sargento Lamark prende Elisanto por maltrato a animais 
 
A Polícia Militar chegou ao povoado e prendeu em flagrante Elisanto; o agressor vai responder por crime de maus tratos a animais e tentativa de agressão.
 
Ainda segundo informações paralelas, a raiva do agressor contra o jumento foi motivada pela disputa eleitoral, envolvendo os candidatos a presidente Haddad (PT) e Bolsonaro (PSL). Elisanto durante seu transtorno psicótico teria dito que os eleitores de determinado candidato são jumentos e como tal merecem morrer a facada.
 
O jumentinho que não vota em ninguém foi atingido; não temos informações sobre o estado de saúde do pobre animal e não fomos informados em qual dos candidatos Elisanto vota neste segundo turno.
 


Elisanto vota em quem para presidente 
 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!