Corpo se mexe em caixão e interrompe velório no interior do Maranhão.
26/11/2019 09:30 em Novidades
Um homem conhecido por "Cocino" estava sendo velado na cidade maranhense de Paraibano quando de repente o corpo começou a se mexer dentro do caixão, causando maior confusão entre as pessoas que estavam no velório.
 
Testemunhas que participavam do velório garantem que o morto transpirou e se mexeu, o que fez com que familiares acreditassem que ele pudesse está vivo, momento em que uma ambulância foi chamada, levando o corpo até o hospital.
 
Ao chegar no hospital, os profissionais constataram que realmente "Cocino" estava sem vida. Ele foi morto à facadas.
 
De acordo com as explicações, braços e pernas podem se mover durante a rigidez cadavérica, sendo este um processo que ocorre entre uma e duas horas após a morte.
 
Além disso, cadáveres também podem “arrotar” e “soltar pum”, pois a proliferação de bactérias no corpo resulta na formação de gases. Outra explicação para movimentos “cadavéricos” é a catalepsia, problema do sistema nervoso que diminui drasticamente os batimentos cardíacos, dando a ilusão de que a pessoa morreu.
 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!